Prefácio

por Jean-Philippe Guillemin

Eu começei construindo o Zenwalk (originalmente "Minislack") para aprender os trabalhos inerentes ao GNU/Linux. Construir um sistema operacional é uma bela maneira de ganhar entendimento porque você geralmente está sozinho resolvendo problemas quando as coisas não funcionam como o esperado.

Outra razão para construir o Zenwalk foi que eu me encontrei fazendo as mesmas modificações nos sistemas após cada nova instalação. Essas modificações repetitivas incluíam recompilar um kernel mais otimizado e atualizado, remover muitos programas e bibliotecas não utilizadas, personalizar o desktop, ajustar o servidor X, melhorar os scripts de inicialização, adicionar o meu editor de texto favorito, adicionar um tocador de vídeo e codecs, e por aí vai.

Esse projeto apresenta uma oportunidade de compartilhar essa personalização com amigos, bem como permitir reinstalar meu sistema exatamente do mesmo ponto de um tempo atrás.

Então vieram os usuários e colaboradores e o começo das mudanças que moldaram o Zenwalk no que ele é hoje. Nós começamos modificando a distribuição original com alternativas (bibliotecas gtk), adicionando novas bibliotecas (bibliotecas Gnome), adicionando muitas ferramentas de administração, e uma nova forma de gerenciar os pacotes remotamente (netpkg). Os usuários melhoraram o Zenwalk com as "requisições de melhorias" postadas no fórum de suporte. O resultado é que o Zenwalk, embora ainda baseado no Slackware, é, de muitas maneiras, muito diferente: é um trabalho de desenvolvimento diário feito por muitos amantes do Linux para se construir o Sistema Operacional Linux ideal.

O Zenwalk pretende ser mais um sistema operacional GNU/Linux que uma distribuição; não é uma coleção de pacotes, é um produto completo, coerente e racional.

No futuro, o Zenwalk não irá mudar sua filosofia, ele apenas irá se tornar mais maduro como um sistema operacional multipropósito: